julho 14, 2008

Do ódio

A minha caneta
É a minha melhor arma.
Fodam-se as facas lindas e brilhantes
Que eu adquiri a bom preço
E as minhas pistolas.

Eu me tornei uma psicótica,
uma ameaça á sociedade
por sua causa.

Mas eu não te culpo.
Nunca te culparia.
Nada é sua culpa, além do vazio.
O vazio é sua culpa.

A minha cegueira é sua culpa
A minha falta de tato é sua culpa.

Ah!

A minha Glock está na cabeceira
Esperando ser usada,
esperando por alguém
que não saiba o que dizer.

2 comentários:

Adrielly Soares disse...

Nossa. oO
Eu adorei, você sabe que eu adoro coisas intensas e você é sempre.
Não importa o sentido da intensidade.



PS: a glock parece arma de brinquedo =X

Fernanda disse...

por isso Glock.Parece mintirinha...rsrsrs

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.