abril 05, 2010

Quando você não está

Não é que a vida seja insignificante, meu amor.
Não vou falar assim.
Mas é que sem você,
os dias sorriem menos.
Brincam quietinhos na sala,
temerosos da chuva da minha solidão.

Um comentário:

Tati Plens disse...

Eu acho que derrubamos pontes.. ou talvez elas nem tenham se construído e desconhecemos assim algumas partes de nós...

eu queria pontes pra tudo em mim, também...

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.