agosto 25, 2007

Arpoador

Você seguiu adiante
E isso me conforta.
Nos teus olhos
Talvez haja agora
Uma esperança a mais
E isso me alimenta.


Te vejo caminhando
À beira-mar com ela
Como você fez comigo
E me vejo onde comecei
Espectro sentado numa pedra
Observando a vida alheia
E isso me satisfaz.

Aqui está o meu destino
Como sempre foi e será:
Solidão e desatino
E grãos de areia em tempestade.
A dos salgada me completa,
E eu sorrio de porta aberta.

Um comentário:

Lu Morena disse...

"Sorrir de porta aberta" tb é lindo. Parece a definição de um dia de sol.

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.