janeiro 04, 2008

Esperança

Sou um espírito
estranhamente velho,
que estranha
todos estes novos costumes.

Sou alguém perdido
destes desejos mundanos
que as pessoas carregam.
Alguém que procura
os sentimentos verdadeiros
de outrora.

Enquanto o resto
leva consigo a ira,
o orgulho e a dor,
eu espero a vida,a caridade
e o Amor.

5 comentários:

Ricardo Almeida disse...

Nutra bons sentimentos sempre, querida. Só não esqueça que às vezes idealizamos o passado. Só o que temos é o presente. É nele que esses sentimentos têm de se realizar.
Bjs

danilo disse...

Não poderia ter outro título, realemnte se trata de esperança. Mas é assim que devemos pensar e acreditar mesmo.

Maria Borges disse...

Fernanda, muito linda a sua Esperança... Que o Ano Novo seja lindo também para você e todos aqueles que você ama. Obrigada pelo carinho lá... Beijão!

Cacau disse...

Esperança é do que preciso, para não ter que fazer como a garotinha do meu conto...

Bjs.

Lu Morena disse...

É sempre bom encontrar, ainda que virtualmente, espíritos semelhantes aos nossos!! Sinto-me quase aliviada em ser estranha! rs
bjins!

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.