março 31, 2009

Poema todo errado

Continua chovendo na fazenda de chuchus.
Continuo fazendo fumaça azul.
Continua passando hora
e nada de passar o bonde do sono.

Em nada se pensa,
o pensamento é que me olha
consternado porque vê
que continuo fazendo tudo errado
que nem esse poema
de meio de madrugada
cheio de verso inacabado.

4 comentários:

Solange Maia disse...

Fern.,

Inacabado e tão belo...
Amei.

Mas... tenho uma surpresa prá você lá no Eucaliptos ! Você me perguntou qual é a história da Flor da Lua, lembra ? A que vi aqui no seu blog e que há tanto tempo faz parte da minha vida... Respondi com minha última postagem !!!

Beijo especial,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Fern.,

O sono não veio, mas as palavras cheias de encantos chegaram num bonde de criatividade.

=]

Rebeca

-

Cristina e Márcia disse...

Noites sem sono trazem inspirações às vezes tristes, às vezes loucas, e outras tantas parece q esvaziam totalmente a alma.
Beijos
Márcia

Mary West disse...

A falta de sono pode acarretar grandes surpresas.

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.