outubro 24, 2008

Resiliência






Assim como quem não quer nada

Abandona o olhar na onda quebrada.

Justapõe problema e solução

E faz de conta que tudo não passa

De uma mera criação.

Foi bobagem, foi besteira!

Pra quê tanta aspereza

Se a gente pode ponderar

E encarar tudo com leveza?

10 comentários:

Ricardo Almeida disse...

Leveza! É isso!
beijos, linda!

•Natalinha• disse...

adorei o seu texto e muito obrigada por me linkar no seu blog
tb irei te linkar

bjs Naty

Estefanie Fernandes disse...

Leve como música ^^

Eu sei como é essa coisa de grana pra ir em show, não dá pra ir em todos, mas dá pra aproveitar bastante em um.
Espero que se divirta muito no M5!!!
Acho que show agora, só o da Maria Rita no final do ano, isso, SE eu conseguir dinheiro [o mal do mundo].

Beijo grande!

Adrielly Soares disse...

Ai ai.
Xuxu, saudade de você.
Adorei o texto, eu que sou sempre a favor de um bom diálogo.
x)

Ricardo Almeida disse...

No mar, a leveza! A mão de Janaína/Iemanjá a cuidar de minha cabeça... Às vezes pesada, mas sempre amorosa.
Beijos

moni disse...

lindo na teoria, mas a pratica é uma prova de fogo! beijos e obrigada pela visita!

Ju disse...

nossa.. como eu queria encarar tudo com leveza... a vida ia ser tão melhor...rsrsrs
gostei dos blogs, já linkei hehehe.
Beijo!

Fabiano C.Guerra Pereira. Cientistas advertem que este é um fenômeno considerado "raro" pelos meteorologistas, e pode destruir tudo que estiver no seu caminho. Inclusive a si mesmo. disse...

Leveza? Não sei não...

Ju disse...

oi xuxu!
vi o coments no moda mix =)
eu estudo moda por conta propria ja algum tempo..hehe
mas vou começar a facul sim, se Deus quiser no começo do ano...
Podemos trocar figurinhas já q vc tb gosta do assunto.
Beijo

Fabiano C.Guerra Pereira. Cientistas advertem que este é um fenômeno considerado "raro" pelos meteorologistas, e pode destruir tudo que estiver no seu caminho. Inclusive a si mesmo. disse...

I cannot take this anymore
I'm saying everything I've said before
All these words they make no sense
I find bliss in ignorance
Less I hear the less you'll say
But you'll find that out anyway

Just like before...

Everything you say to me
Takes me one step closer to the edge
And I'm about to break
I need a little room to breathe
Cause I'm one step closer to the edge
And I'm about to break

I find the answers aren't so clear
Wish I could find a way to disappear
All these thoughts they make no sense
I find bliss in ignorance
Nothing seems to go away
Over and over again

Chorus

Shut up when I'm talking to you
Shut up, shut up, shut up (2x)

I'm about to break!

PS:. When you say a lie one hundred times, it's became a true, even if not...

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.