novembro 30, 2008

a volta pra mim




Tudo traz a saudade perene
Que eu tenho de mim mesma,
porque eu estou nos montes,
nas fendas, nos campos,
nos bichos, nas árvores
nos rios que correm, baixinho.
Nas cachoeiras que rasgam
meu ventre terreno e vermelho.
Nos sorrisos antigos e amigos.
Nas lembranças de infância
e de quando em quando
eu tenho que voltar pra mim.

Que saudade de mim!

7 comentários:

Adrielly Soares disse...

Eu acho que eu perdi o caminho.

Tunai Giorge disse...

.

"Que saudade de mim!"
Até de nós mesmos, sentimos saudade.

Ju disse...

uma das melhores coisas da vida é estarmos presentes e em dias com nós mesmos!
Beijo!

a p e t i t e disse...

"eu tenho que voltar prá mim"

me ensina?

Adrielly Soares disse...

Você que some =/

Lu Morena disse...

De vez em quando eu me encontro por aí... mas nunca aprendi a me fazer ficar. Uma pena, eu até que era legal.

e-gor disse...

Lindo, lindo, lindA... Sem mais.

N.

Refletidos

A imagem refletida

Minha foto

Gaúcha de nascimento, carioca de coração. Advogada, escritora incubada e apaixonada por cultura.